A BORBOLETA NO QUINTAL

008

A borboleta pousava na árvore
A borboleta pousava na flor
Voava… Voava… Voava
Queria encontrar o amor.

Às vezes ela voava bem alto
Outras vezes pousava no chão
Nenhum lugar estava lindo
Queria pousar num coração.

Batia suas asas douradas
Num grandioso espetáculo
Nem o convite das flores
Fazia esquecer o amado.

Esperou com o coração aberto
E nem um gole no botequim
Esperou… Esperou e nada
Voou para outro jardim.
10/11/2013 ELZI SENRA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s