EM CLIMA DE CARNAVAL

???????????????????????????????

A bateria toca animada…
É um ensaio de carnaval.
Um piscar de olho aqui, outro ali…
Há alguém especial.
A alegria contagia
a todos no salão.
O clima esquenta…
Bate bum, o coração.
A música aumenta
O samba esquenta no chão.
Tem olhinhos brilhando em toda direção.
Olhares que se cruzam
e não dá pra disfarçar.
O samba contagia…
Como é bom amar!
A felicidade está pintando
Não importa a sua cor.
Preto, branco, rosa, amarelo…
Vamos ser felizes, é o amor!
27/01/2015 ELZI SENRA

AINDA ESTÁ NO MEU CORAÇÃO

FLORESCER

Não atendi ao seu chamado
sofri demais.
Quero ser forte,
mas o meu amor é mais.
Não quero lhe ver,
tento passar e nem olhar.
O meu amor é grande
e quer com você ficar.
Eliminei suas mensagens,
nossas conversas e nossa ilusão.
Só não consegui apagar,
você do meu coração.
Por isso deixo rolar
até passar todo calor.
Una hora você vem
e retribui o meu amor.
21/01/2015 ELZI SENRA

Muito otimista

abraço1

Quero um amor possível.

Possível de se abraçar.

de se vê e de se amar.

Possível de alcançar

e cheio de atenção.

Possível de voar

e pousar num coração.

Possível de carinhoo

bem acolhedor.

Possível de tempo

para me dar amor.

Possivelmente gente

cheio de alegria.

Com muito calor humano

e queira minha companhia.

ELZI SENRA

PENSAMENTO DE UM SAPO FUJÃO

2zxD0-Onsj-1

Atravessei a estrada

Fuji do rio.

Fui procurar abrigo…

O dia estava frio.

Chovia fino,

Água gelada.

Olhei para os lados

Não via nada.

Pensei que ninguém me via

E todo camuflado,

Parei na escada.

O inimigo me encontrou

Que vou fazer?

Aqui não é pra mim

Tenho que vencer.

Quietinho nem dei bola.

Tenho que ter brio,

Sou sapo de fora.

De ladinho, corri para o rio

lá é o meu lugar

no calor e no frio.

14/01/2015 ELZI SENRA

PENSAMENTO DE UM DESILUDIDO

distancia

PENSAMENTO DE UM DESILUDIDO
(fantasiosa)
Ando pela rua
Sem motivos pra viver.
Nada me importa
Se não tenho você.
Vagueio de praça em praça
Vivo do inesperado.
Não tenho nada
Sem você ao meu lado.
Desilusão é minha companhia.
Cadê forças pra reagir?
Não quero ver ninguém
De todos quero fugir.
Correr… Correr.
Nada me chama atenção
A vida está sem sentidos,
Depois que partiu meu coração.
Por que ficar sem você?
Rua, casa, praça, tudo é igual.
Perambular é o que faz sentido
Depois que perdi o de mais especial.

02/12/2014 ELZI SENRA

VISITINHA

abóbora

Fui visitar o amor

A porta estava aberta.

Entrei sem bater

Cheguei na hora certa.

A panela em cima do fogão,

Cheirava coisa boa.

Tirei a tampa

Cheirinho de rir à toa.

Experimentei…

Coisa louca!

Prato delicioso

De dar água na boca.

Apreciei o tempero

Deliciei cada pedaço.

Fechei a panela

E deixei aquele abraço.

14/01/1015 ELZI SENRA

LINDOS SONHOS

sonhos e fantasia

Três e quinze da manhã

O dia ainda quieto,

Claro de lua.

Os pássaros  dormiam,

Só um apito na rua.

Eu, sentada na varanda,

acariciada pelo frescor e

cada vez que o vento soprava

Sentia o carinho do amor.

Seus afagos estonteantes,

Sua presença, uma verdade.

Nada me tirava do sério…

Para que entrar na realidade?

Minha realidade estava ali,

Ao meu lado o amor sorria.

Em seus braços, adormecida,

Coberta de amor e alegria.

Não queria acordar.

As lembranças estavam fresquinhas

O amor passou o dia comigo.

Não me lembrei de uma fotografia.

Não registrei, mas aconteceu.

O sonho foi real…

Estava nos braços de Morfeu.

14/01/2015 ELZI SENRA